DIETA RADICAL PARA A CURA DE DIABETES TIPO 2 | ESTUDO REALIZADO NA INGLATERRA







A Diabetes tipo 2, atinge cerca de 90% das pessoas com esta enfermidade. Ela possui um fator hereditário, e há grande relação com a obesidade e o sedentarismo. È caracterizada pela produção insuficiente de insulina pelo organismo (hormônio responsável por quebrar as moléculas de açúcar no sangue) e/ou a incapacidade de usá-la adequadamente. Assim as células não conseguem absorver/ metabolizar o açúcar, ficando acumuladas no sangue. Sua incidência é maior em adultos acima de 40 anos.

Seu tratamento se baseia principalmente me dieta e exercício físico. Algumas vezes pode haver a necessidade do uso de medicamentos orais e, até mesmo, a combinação destes com a insulina.

Um estudo realizado na Inglaterra sugere que uma dieta de 600 calorias por dia durante dois meses pode reverter o quadro de diabetes tipo 2 em pacientes que acabaram de diagnosticar a doença. A dieta tem como base a ingestão apenas de alimentos dietéticos líquidos e legumes sem amido.

Essa dieta radical reduziu os níveis de gordura no fígado e no pâncreas dos pacientes estudados, contribuindo assim, com que os níveis de insulina voltassem ao normal. Dois 11 pacientes estudados, após seguir a dieta 07 deles estão sem a doença, e a produção de insulina permaneceu estável mesmo após eles terem voltado à alimentação normal.

Uma semana após o experimento, já se observou que os níveis de açúcar no sangue dos pacientes antes do café da manhã já haviam voltado ao normal.

Segundo os pesquisadores, nem todos se curaram, devido à suscetibilidade de cada indivíduo.

Mesmo assim, os estudos continuam para verificar se este efeito é duradouro.

Roy Taylor, diretor do Centro de Ressonância Magnética da Universidade de Newcastle, disse que “Esta dieta foi usada apenas para testar a hipótese de que, ao perder peso substancialmente, as pessoas ‘perdem’ também a diabetes”.

 

Visite nossa página http://tododiasaude.com e consulte as últimas notícias  na área da saúde, beleza, corpo, comportamento e bem estar.

 

Classifique este artigo, é muito importante para nós redatores.